Renda-se levou mais de 10.000 pessoas ao Pontão do Lago Sul


III FEIRA DE ARTESANATO, BORDADOS E RENDAS

Idealizado por Stela Guerra Eventos e realizado pelo IECAP (Instituto de Educação, Esporte, Cultura e Artes Populares), a Renda-se, Feira de Artesanato, Bordados e Rendas encerrou sua terceira edição com grande sucesso. Lançado em 2011, o evento tem à frente as empreendedoras Stela Guerra, Isabela Guerra e Renata Hargreaves.  Este ano, o público—passaram pelo evento cerca de 10 mil pessoas-- ainda pôde contar com atrações músicais, a exemplo dos shows com Ellen Oléria, Mario Nóya e Adriana Samartini. 


Além dos stands, também fez grande sucesso, sobretudo com o público masculino, a exposição de carros antigos, com curadoria do ex-ministro Henrique Hargreaves. O Espaço Fazer Saber, local onde os artesão apresentam seus ofícios foi movimentado. Dona Carmen, de Anápolis, que aprendeu a cardar e fiar com sua mãe, encantou na demonstração do seu trabalho, sempre acompanhado de canções aprendidas com sua mãe, que aprendeu com sua avó, que aprendeu com sua bisavó...
Os expositores e público tiveram a oportunidade de participar de um painel de negócios comandado pela consultora de moda e estilo Cristina Franco, que contribui com o seus know-how para o evento desde sua 1ª edição. entre os participantes do painel, Heloisa Crocco, designer da ABEST, Meire France Leão, subesecretária de estruturação e diversificação da oferta de turismo Setur/DF, Marcelo Dourado, diretor-superintendente da Sudeco, Evilásio Miranda, gerente de moda e design da ABIT e Durcelice Marcene, coordenadora do Programa de Artesanato do Sebrae.
Ainda maior, o Renda-se, que este ano aconteceu entre os dias 29 de agosto e 1º de setembro, teve grande estrutura montada especialmente para a ocasião, com direito a palco às margens do Lago Paranoá. Aberta ao público, a feira integrou o calendário de comemorações do aniversário do Lago Sul e deve atrair cerca de seis mil pessoas. De pequenos objetos a sofisticadas peças inteiramente confeccionadas à mão, o Renda-se encantou com o que há de mais bem acabado em artesanato genuinamente brasileiro, uma das joias mais raras de nossa cultura. 
De grande variedade de cores, materiais, inspirações, técnicas, o artesanato é uma rica manifestação cultural que ajuda a tecer a história do povo brasileiro. E em 2013, o Renda-se surpreendeu o público com uma seleção primorosa da produção artesanal do Distrito Federal e de oito estados brasileiros: Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe, Pernambuco, Bahia e São Paulo.  A tipologia foi diversa, com inúmeros bordados, tramas, pinturas e acessórios feitos a partir de materiais recicláveis com o lacre. Muito mais que cama mesa e banho, e artigos de decoração e presentes, o Renda-se amplia o seu alcance ao abrir espaço para a moda artesanal.
Durante todo o evento, artistas, associações e cooperativas selecionadas pela curadoria do evento expuseram e comercializaram produtos. Mais interessante e rico a cada edição, o Renda-se contou com o apoio de embaixadoras, mulheres da cidade reconhecidas pelo seu bom gosto com grande capacidade de mobilização, como Rosany Ribeiro Viotti, Duda Maia Viotti, Heloisa Hargreaves, Ana Luiza Favato, Glaucia Benevides, Isadora Campos, Lúcia Flecha de Lima, Waleska Camargo e Marisa de Macedo Soares, Nathalia Abi-Ackel e Aline Oliveira.  
Com o apoio da Secretaria do Turismo do Distrito Federal, BRB, do Ministério da Micro e Pequena Empresa, Sudeco e Sebrae e patrocínio da Eletrobrás e Petrobrás, o Renda-se não comercializa espaços ou participa da arrecadação. O objetivo é valorizar a identidade artesanal do Brasil.
Além de área para exposição e comercialização de produtos disposta em 40 stands, reunindo cerca de 70 artesãos o Renda-se compreende, ainda, lounges, auditório, café e brinquedoteca. 

Lucia Flecha de Lima

Renata Hargreaves,Adriana Samartini,Lucas Odoni ePaulo Hargreaves

Duda Maia,Isadora Campos e Nathalia Abi-Ackel

Ana Luiza Favato

Posts relacionados

0 comentários

Obrigada pela visita!!!