Museu Correios recebe a exposição “Os Geraes de Minas”

by - 12.8.14



Exposição em Brasília recupera a história do Brasil a partir de sua formação rochosa.Entre os dias 14 de agosto e 12 de outubro, o Museu Correios apresentará, em Brasília, uma exposição que promete ficar na memória da cidade. Com o título OS GERAES DE MINAS, a mostra recria a história, o desenvolvimento, as descobertas, a diversidade mineral, enfim, toda a geração, ocupação e exploração de uma região que se convencionou chamar Geraes.


  Com profunda base técnica e científica, traduzida de forma acessível e agradável para público de qualquer idade, a exposição tem entrada franca e seu funcionamento contempla os horários das 10 às 19 horas, de terça a sexta, e das 12 às 18 horas nos finais de semana e feriados.

O objeto de pesquisa da exposição – Geraes – contempla não apenas o estado de Minas, mas uma região que abrange a Serra do Mar, no litoral do Rio de janeiro e o Espírito Santo, além das áreas a oeste, com Goiás e Mato Grosso; ao sul, que contempla parte do estado São Paulo e; ao norte, representada por uma boa parte da Bahia. Os Geraes foram desbravados partindo de São Paulo através das monções nos rios da bacia do Paraná, e de Paraty pelos peabirus (trilhas indígenas) e indo até o rico planalto brasileiro.

O desbravamento pelos bandeirantes e exploradores, que buscavam ouro, diamantes e esmeraldas, alcançou cerca de 400 km desde Paraty até seus primeiros frutos. Pela trilha indígena, que deu origem à Estrada Real alcançou-se o riquíssimo platô que se estende desde os atuais Vales do Paraíba e do Paraibuna, até o oeste do atual estado de Goiás.

A região contemplada pelos Geraes é conhecida pela quase inesgotável diversidade mineral e a exposição explora a formação de toda a região, tendo início na formação da Terra, sua ocupação por flora e fauna, seguindo pelo descobrimento do Brasil, da região das Geraes, seus índios que desconheciam a riqueza da região que habitavam, as entradas e bandeiras.

Passando por estas premissas, e por meio de textos, maquetes, modelos, fósseis originais, iconografias, objetos de época, vídeos, fotos, pintura e pedras preciosas, a mostra segue com uma apresentação das primeiras descobertas minerais, suplementadas com amostras de minerais como encontrados na natureza e sua utilização.

As gemas preciosas são apresentadas na exposição em seu estado natural, lapidadas ou mesmo montadas em joias. O ciclo do ouro, que durou quase dois séculos, tem destaque especial, bem como a virada na produção mineral a partir do século XIX, na qual minérios como bauxita, nióbio e ferro assumem a liderança no ciclo exploratório, devido ao declínio do ouro e diamantes.

Não ficam de fora da exposição as descobertas contemporâneas. Para citar um exemplo, uma parte da região das Geraes é um sítio paleontológico de extrema importância, em paralelo com a exploração de outros minérios que contêm alto nível de minerais em sua composição. Hoje, o espaço garimpado se vale à busca de elementos de utilização em produções de última geração, como o nióbio (utilizado tanto na indústria aeroespacial quanto em jóias e outros artefatos) e criam um novo ciclo de produção e exploração.
Ocupando dois andares da área de exposições temporárias do Museu Correios em Brasília, a exposição pretende explorar o espaço com escolas, turmas e visitantes interessados neste objeto de estudo. Para tanto, o projeto educativo da exposição funcionará regularmentecom agendamento de visitas e profissionais disponíveis para acompanhar o público presente. Os agendamentos de visitas poderão ser feitos pelo e-mail vanguarda.arte@gmail.com.
A exposição OS GERAES DE MINAS conta com curadoria de Diogenes de Almeida Campos, membro da Academia Brasileira de Ciências, e tem como objetivo uma imersão completa, lúdica e agradável na história da Terra e do Brasil a partir de sua formação mineral. A mostra conta com o patrocínio dos Correios. 
Serviço
Exposição “Os Geraes de Minas ”
Abertura: 13 de agosto, às 19 horas
Visitação: 14 de agosto a 12 de outubro
Local: Museu Correios – Setor Comercial Sul, quadra 4, bloco A, n° 256, ed. Apolo, Asa Sul. Brasília/DF
Horário: 10h às 19h (terça a sexta-feira) e 12h às 18h (sábados, domingos e feriados)
Classificação indicativa: Livre
Informações: (61) 3213-5076 
Agendamento de visitas: vanguarda.arte@gmail.com
Entrada franca
-- 

Posts relacionados

0 comentários

Obrigada pela visita!!!