Programe-se:Espetáculo “Elis, A musical” chega a Brasília em outubro

by - 18.9.14

Depois de uma temporada de quatro meses de absoluto sucesso no Rio de Janeiro e quatro meses e meio de ingressos esgotados e sessões lotadas em São Paulo,“Elis, A musical” inicia sua turnê pelo Brasil, passando por Belo Horizonte, Curitiba, Brasília e Porto Alegre. Já assistido por 200 mil espectadores, o espetáculo chega à capital federal nos dias 2 e 3 de outubro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.


Produzido pela Aventura Entretenimento em parceira com a Buenos Dias e a MRG“Elis, A musical” contou com um investimento de R$ 10 milhões para recriar momentos da vida e da trajetória da cantora gaúcha. O espetáculo tem texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade, e conta com Dennis Carvalho em sua primeira direção para o teatro. A equipe também conta com nomes como Delia Fischer (Direção Musical e Arranjos), Alonso Barros (Coreógrafo e Diretor de Movimento), Marcos Flaksman (Direção de Arte e Cenografia), Maneco Quinderé (Desenho de Luz), Marília Carneiro (Figurinista), Beto Carramanhos (Visagista) e Marcela Altberg (Produtora de elenco), entre outros.

As atrizes Laila Garin e Lílian Menezes se alternam na interpretação da cantora gaúcha. Já os papéis de Ronaldo Bôscoli e Cesar Camargo Mariano, os dois maridos de Elis, são interpretados por Tuca Andrada e Claudio Lins, respectivamente. Outros 16 atores se revezam em vários papéis, em uma história que leva para o palco diversas figuras importantes da cultura nacional como Miéle, Jair Rodrigues, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Ronaldo Bôscoli, Cesar Camargo Mariano e LennieDale, entre muitos outros.

O musical emociona ao apresentar as canções que se tornaram grandes sucessos na voz de Elis Regina, como “Arrastão”, “Casa no campo”, “Águas de março”, “Dois pra lá, dois pra cá”, “Como Nossos Pais”, “Aos Nossos Filhos”, “Fascinação”, “O Bêbado e o Equilibrista”, “Madalena”, “O Trem Azul” e “Redescobrir”. São ao todo 51 obras que integram o repertório do espetáculo, entre músicas, medleys e vinhetas.

Em suas temporadas nos palcos cariocas e paulistas, o espetáculo se transformou em um dos maiores sucessos de público e crítica da temporada 2013 e 2014. O musical recebeu o Prêmio Shell de Teatro de Melhor Atriz para Laila Garin, o Prêmio Cesgranrio Melhor Atriz para Laila Garin e melhor Direção Musical para Delia Fischer, alémdo Prêmio Quem de Teatro (Laila Garin, melhor Atriz) e Prêmio APTR (Melhor Produção).

Construindo Elis

“Elis, A musical” surgiu de um texto escrito por Nelson Motta e Patricia Andrade, que ao serem convidados pelos produtores do espetáculo, já escreviam um roteiro sobre a vida da cantora para o cinema. Nelson acompanhou de perto a vida e carreira de Elis, tendo sido seu amigo e produtor. “Trinta anos depois de sua morte, ela continua como a maior referência de todas as novas gerações de cantoras. O convite para escrever o musical me deixou imensamente feliz”, atesta ele. Na direção do musical, outro amigo de longa data da cantora, Dennis Carvalho, que pela primeira vez dirige um espetáculo teatral. “Eu a conheci através de Milton Nascimento e logo me tornei seu fã. Ela foi simplesmente a melhor cantora do Brasil”, afirma Dennis.

As audições para a escolha do elenco duraram quase um mês, com mais de três mil inscritos disputando os papéis. Só para viver a personagem título, mais de 200 candidatas foram testadas, e sete chegaram à fase final, tendo sido Laila Garine Lílian Menezes as escolhidas.

Além das duas, estão no elenco Tuca Andrada e Claudio Lins, que vivem Ronaldo Bôscoli e Cesar Camargo Mariano, maridos de Elis; Germano Melo como Luiz Carlos Miele e Paulo Francis; Rafael de Castro como Marcos Lázaro; Ícaro Silva, como Jair Rodrigues; Danilo Timm, como Lennie Dale; Leo Diniz como Tom Jobim; Peter Boos como Henfil e Armando Pittigliani; Ricardo Vieira e Keila Bueno, como os pais de Elis; além de Guilherme Logullo, Alessandro Brandão, Lincoln Tornado, Nay Fernandes, Thiago Marinho, Maíra Charken e Fernando Rocha.

Os ensaios de “Elis, A musical” duraram 80 dias, com todo o elenco passando diariamente por aulas de canto, interpretação e expressão corporal, além de workshops. Uma das mais importantes produções da Aventura Entretenimento e da Buenos Dias até agora, “Elis, A musical” tem 19 atores em cena, uma banda com 9 músicos e 265 pessoas envolvidas na produção para recriar no palco cerca de 20 anos de história. Só para reviver a “Pimentinha”, as atrizes usam3 diferentes perucas, sendo uma delas confeccionada especialmente fio a fio.

Em busca de temas e inspiração genuinamente nacionais para o cada vez mais crescente mercado de musicais, a Aventura Entretenimento desenvolveu a Trilogia “Uma Aventura Brasileira”, da qual “Elis, A musical” é a primeira parte. A plataforma prevê ainda a montagem de “Se eu fosse você, o musical”, primeira adaptação da produção cinematográfica homônima, que traz para os palcos a segunda maior bilheteria da história do cinema nacional, em cartaz em São Paulo, e “Chacrinha, o musical”, que contará a história do Velho Guerreiro, o maior comunicador da TV brasileira e líder de audiência por mais de uma década, em um espetáculo escrito por Pedro Bial, Direção de Andrucha Waddington e repleto de músicas, bastidores e curiosidades da TV e dos artistas nacionais, que estará em cartaz em novembro, no Rio de Janeiro.

A realização
O espetáculo é apresentado pela Bradesco Seguros com incentivo do Ministério da Cultura através da Lei Rouanet. “É com muita satisfação que o Circuito Cultural Bradesco Seguros apresenta ‘Elis, A musical’ para que o público seja novamente envolvido pelo trabalho dessa excepcional cantora imortalizada como uma das maiores vozes da música brasileira de todos os tempos,” acrescenta Alexandre Nogueira, Diretor do grupo Bradesco Seguros.

O musical conta também com o patrocínio da Atlas Schindler, o apoio da Cielo, da White Martins e o apoio cultural da Odontoprev, sendo a CVC a operadora oficial.

A trilha sonora do espetáculo

A Universal Music também se aliou ao projeto e lança a trilha sonora de “Elis, A mu0sical“, um álbum duplo que traz 26 canções originais de Elis Regina que inspiraram o espetáculo. Todas as canções foram remasterizadas a partir dos tapes originais, pelas mãos de João Marcello Bôscoli, filho de Elis Regina, em parceria com Carlos Freitas, no estúdio Classic Master. O álbum chegou às lojas de todo o Brasil no dia 19 de novembro de 2013.

As canções do espetáculo

1º Ato
Fascinação / Aprendendo a jogar / Garoto último tipo – Puppy Love / Ela é Carioca / Imagem / O Pato / Menino das Laranjas / Samba do Avião / Arrastão / Deixa Isso Pra Lá / O Morro Não Tem Vez / Feio Não É Bonito / O Sol Nascerá / Esse Mundo É Meu / A Felicidade / Samba de Negro / Diz Que Fui Por Aí / Acender as Velas / A Voz do Morro / Lobo Bobo / Alô, Alô Marciano / Come FlyWith Me / Eu Sei Que Vou te Amar / Samba Saravá / Upa Neguinho / Vou Deitar e Rolar / Falei e Disse / Madalena / Não Tenha Medo / Atrás da Porta / Casa No Campo

2º Ato
Nada Será Como Antes / Canção Da América / Fé Cega, Faca Amolada / Paula E Bebeto / Maria, Maria / Wave / Só Tinha De Ser Com Você / Águas de Março / Dois Pra Lá, Dois Pra Cá/ O Guarani (Instrumental) / Como Nossos Pais / Querelas de Brasil / Deus Lhe Pague / O Bêbado e A Equilibrista / As Aparências Enganam / O Trem Azul / Aos Nossos Filhos / Redescobrir / Fascinação


Serviço
Quando: 2 e 3/10, às 21h
Onde:Auditório Master - Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental).
Quanto:
Poltrona VIP : R$ 200 (inteira)
Poltrona Especial: R$ 170 (inteira)
Poltrona Especial Popular: R$ 50 (inteira)
Poltrona Lateral: 50 (inteira)
Poltrona Superior: R$ 50 (inteira)
Desconto de 30% sobre o ingresso inteiro: portadores do cartão Bradesco seguros
Ponto de venda(sem taxa de conveniência): Central de Ingressos – Brasília Shopping / G2
Pontos de venda com taxa de conveniência: FNAC (Parkshopping)
Vendas pela internet e callcenter:www.ingressorapido.com.br / 4003-1212
Acessibilidade: Sim
Classificação indicativa: 12 anos
Mais Informações: (61) 3364-0000

Posts relacionados

0 comentários

Obrigada pela visita!!!